InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Os Bouwer

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Mestre
Admin
avatar

Câncer Dragão
Idade : 16
Mensagens : 811

MensagemAssunto: Os Bouwer   11/4/2015, 22:15


Os Bouwer

É uma família histórica no local, os primeiros podem ter vindo como escravos há mais de duzentos anos. Livres desde que o Reino Unido assinou a abolição em todas as suas colônias em 1834, ficaram nas ilhas, onde envolveram-se em vários negócios. Hoje, possuem um bar famoso que já existe há 30 anos, o Big Coral.

Os Patriarcas

Dona Tonya Bouwer (1927). Latonya Payne Bouwer é uma senhora de 88 anos, bem lúcida, mandona e ativa. Era dona do antigo restaurante "Comida do Campo", mas quando se aposentou, o filho transformou no Tabern Big Coral, embora muitos pratos criados por Dona Tonya ainda existam no atual cardápio, como uma famosa torta de caranguejos.

Tonya Payne trabalhava numa fazenda de abacaxi até conhecer o caixeiro-viajante Donald Bouwer. Namoraram, casaram e voltaram para a ilha onde a família de Donald vivia.

Donald tinha acabado de voltar da Segunda Guerra Mundial e agora tentava se estabelecer na nova vida. E graças a esposa, abandonou o antigo emprego e criaram um restaurante.

Tiveram um filho, Tyrese. Donald morreu quando o menino tinha apenas 10 anos e por isso dona Tonya cuidou do filho sozinha, mas o garoto sempre teve o melhor que ela podia oferecer.

Tyrese Bouwer (1952) é o atual dono do Big Coral. É um homem sorridente, que conhece todo mundo da ilha, e todo mundo o conhece. Filho de Dona Tonya, aprendeu a cozinhar com ela, mas viu que um pub faria mais sucesso do que um restaurante, então mudou todo o "Comida do Campo" por um bar mais elegante. É o tipo de homem que não deixa o cliente beber demais e aquele que houve as lamentações quando alguém aparece ali bêbado.

Mas antes disso, conheceu sua futura esposa: Emily King, uma moça loira, filha de um pastor anglicano e aluna de direito da University of New South Wales, que passava as férias ali. Quando os dois se comprometeram a ficar juntos, Emily precisou fugir de casa, e desde então nenhum Bouwer tem contato com os King.

Não tiveram uma vida fácil numa sociedade conservadora dos anos 70. Tiveram que aguentar olhares julgadores e palavras ditas pelas costas. Felizmente, isso foi mudando com o tempo.

Emily Bouwer (1957), filha de um pastor anglicano e uma dona de casa, ela cresceu dentro da igreja e temente a Deus. Frequentou a escola publica de sua cidade, Lismore. Depois entrou na Universidade of New South Wales, onde pretendia ser advogada, mas durante as férias foi para Ilhas Whitsunday, onde conheceu Tyrese, filho da dona de um restaurante local. Decidiram naquelas três semanas que ficariam juntos para sempre, e ela voltou para casa decidida a contar para o pai que terminaria a faculdade e mudaria-se para viver com Tyrese. O pai enlouqueceu e enfurecido tentou até bater na filha. Ela fugiu dele e nunca mais voltou. Abandonou a universidade, já que não teria como bancá-la sozinha, e foi para Hayman. Começou a trabalhar como garçonete no restaurante da sogra.

Depois, quando Dona Tonya se aposentou e mudaram o restaurante para pub, começaram a ter uma vida mais tranquila, e foi uma boa mudança já que começou a entrar dinheiro para viverem confortavelmente como classe média. Conseguiram até viajar para Nova Zelândia e Japão. Quando ficaram mais estabelecidos, começaram a ter filhos, mesmo que meio tardio.

Hoje, Tyrese e Emily continuam cuidando do Big Coral e dos filhos.



Notas de construção da família e jogo
  1. Os personagens devem ser filhos de Tyrese e Emily, dificilmente netos (só se quiserem criar personagens crianças). Jovens adultos, o mais velho teria nascido em 1989 (26 anos), sendo os outros dois nos anos seguintes. Esposas ou maridos destes personagens podem ser criados como personagens também, noivos ou namorados, não.

  2. Os personagens devem ser mulatos, já que são filhos de um negro com uma loira, no entanto é geneticamente possível ter personagens negros.

  3. Todos tratam Dona Tonya como a matriarca e ela é muito querida. Ela gosta de realizar o jantar de domingo toda semana com um grande banquete, às vezes acompanhado com churrasco. Ela tem opinião sobre todos e às vezes isso reflete na opinião sobre toda a família (colocarei aqui a opinião dela até dos personagens criados das outras famílias).

  4. O Tabern Big Coral é o centro da família, todos os filhos trabalham ou já trabalharam no pub. Por isso, todos sabem preparar drinks e alguma coisa sobre cozinha. Os pais, Tyrese e Emily, moram no segundo andar do pub, e Dona Tonya em uma casa próxima.

  5. Vovô Donald é uma lenda na família. Na casa de Dona Tonya tem até um memorial para ele com fotos, medalhas de soldado (a Cruz Militar e a Cruz Vitória), a bandeira da Austrália e o quepe do uniforme militar. Ela sempre conta histórias e causos do marido, como o dia que ele caiu do telhado ao tentar resgatar a pipa de um menino da rua, ou quando ele salvou um surfista de um ataque de tubarão.


Estrutura da família


Filha 1 - Kyah Bouwer (1990) [Kah]

Filha 2 - Lenah Bouwer (1992) [Heibel]

Filha 3 - Makayla Bouwer (1995) [Efe]

Ligações com outras famílias

De Groot - Tyrese foi convencido por Merijn a ter um cardápio vegetariano, ou vegano, no restaurante. Mesmo assim, Ty prefere um bom hambúrguer suculento de carne e muito bacon, e sempre oferece para o patriarca dos De Groot. Tirando isso, não existe nenhuma outra relação favorável ou ruim entre as duas famílias.

Comentários de Dona Tonya:
  • Merijn de Groot - Aquele moço é pirado e não bate bem da cachola, ele tem a mente lá na lua e quer viver só de brisa. Quando vier aqui irie tuchar umas carnes goela abaixo dele, se não fica anêmico! Mas quer saber? Ele vive bem... vive sem stress e isso vai fazer ele viver muito.


Cavendish - Desde que Tyrese descobriu algo sobre Francis em 1994, ele odeia o patriarca dos Cavendish, um ódio mortal que se expande por toda a família, e por isso quando está atrás do balcão, não deixa nenhum Cavendish entrar no bar. Os filhos respeitam a ordem e nunca deixarão entrar Francis, mas com os outros são mais toleráveis. Sempre perguntam porque de tanto ódio e Ty apenas responde "São águas passadas, mas não sou obrigado ver aquele ser sujo da pior espécie no meu bar".

Comentários de Dona Tonya:
  • Francis Cavendish - Pequeno Ty tem os motivos dele, mas eu também não gosto daquele homem... você olha para ele e sabe que aquilo não presta!
  • Jeanne Cavendish - É aquela mulher que manda em tudo lá. Mesmo os Cavendish já capengando por culpa do Francis, ela faz de tudo para a família manter tudo nos padrões.
  • Elizabeth Cavendish - Moça simpática... já vi ela algumas vezes. Bebe que é uma beleza! Companhia para o whisky a qualquer hora.


Kane - Dona Tonya sempre terá algo a agradecer aos Kane pela ajuda de Rupert, e dirá "Graças ao meu Donald, que salvou o seu Rupert, aquele bom homem retribuiu mais do que devia". No entanto, caso ocorra um casamento e Rupert encerre as ajudas, ela dirá "Alguém deve ter enfiado minhocas na mente dele, seu Rupert não é assim, ele sabe o que meu Donald fez por ele".

Comentários de Dona Tonya:
  • Rupert Kane - Homem bom este seu Rupert. Rico e sabe fazer as coisas. Votei nele duas vezes e não me arrependo. Trouxe só coisas boas para nossa ilha... tinha que ver como era a balsa antes.
  • Lucasta Kane - Mulher forte e decidida, mesmo com câncer aquela mulher exalava poder que você tinha que ver! Aquilo lá é uma rocha!


Barone - Os Bouwer compram muitas coisas dos Barone: peixes para seus pratos e bebidas alcoólicas, que são mais baratas do que nos outros revendedores. Tirando isso não possuem nenhum outro envolvimento... mas parece que os italianos querem mudar isso.

Comentários de Dona Tonya:
  • Carmine Barone - Charmoso este homem, não? Mas tem algo que também não vou com a cara. Ele tem olhos vazios... como se não importasse com nada que faz.
  • Vicki Barone - Certa vez eu a encontrei numa feira e ela me cumprimentou, abraçou e foi embora. Eu estranhei, ainda mais porque desde aquele dia, minha medalhinha de Nossa Senhora Auxílio dos Cristãos sumiu. Curioso né?


Palafox - A excêntrica família da Hook Island é o que rende uma grana extra nos feriados, principalmente no Natal. Eles encomendam toda a ceia em pratos semi-prontos e congelados, os quais Dona Tonya e Tyrese já fazem há 15 anos. Têm uma grande amizade com os três patriarcas.

Comentários de Dona Tonya:
  • Napoleon Palafox - comentário
  • Anne Mary Palafox - comentário
  • Anatolion Palafox - comentário
  • Edith Palafox - comentário
  • Bordignon Palafox - comentário
  • Carrie Palafox - comentário
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.mugglesuniverse.org
 
Os Bouwer
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» BOUWER, Makayla

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Muggle's Universe :: OFF :: Registros & Informações :: Sobre Whitsunday Islands :: As Famílias-
Ir para: