InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 BARONE, Nico

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Nico Barone

avatar

Capricórnio Porco
Idade : 21
Ocupação : Administrador da Windmills
Player : Heibel
Mensagens : 171

MensagemAssunto: BARONE, Nico   4/7/2015, 22:57

  • DADOS BÁSICOS

Player: Heibel

Nome completo: Nico Barone
Apelido: Nick
Data de Nascimento: 08 de janeiro de 1996
Local de Nascimento: Hayman Island, Queensland - Austrália

Idiomas: Inglês e italiano
Sexualidade: ?
Relacionamento: Solteiro

  • VIDA

O último dos quatro filhos homens de Bull e Vicki nasceu prematuro de oito meses.

Nico sempre foi uma criança quieta. Até os dois anos não falava e os pais ficaram preocupados, o levando em médicos para descobrir se o menino era mudo, mas logo provou-se que era só um desenvolvimento mais lento. E quando começou a falar, tinha uma preferência óbvia pelo italiano. Bull e Vicki incentivavam que ele falasse o inglês, mas muitas vezes ele só queria usar as palavras em italiano e pedia que os pais ou irmãos mais velhos ensinassem. Assim, por causa do interesse, acabou ficando fluente na língua ainda na infância.

Todos notavam que o caçula era diferente dos outros meninos. Joey era expansivo e divertido, Sonny era violento e valentão, Gianluca era orgulhoso e vaidoso, e todos eles apareciam e se destacavam entre as outras crianças "certinhas" da ilha, mas Nico não era nada disso e ficava apagado, sempre. Às vezes até esqueciam que ele estava no mesmo ambiente.

Já muito novo, com apenas cinco anos, presenciou pela primeira vez o irmão Sonny espancando um garoto por ter chamado Nico de "pirralho retardado". Essa cena se repetiu diversas vezes depois e Nico lembra de se sentir mal em todas elas. Uma vez até vomitou todo o almoço ao ouvir o osso do braço de um menino se partindo.

Passava muito mais tempo em casa do que na rua brincando ou brigando. Lia bastante, se interessava por HQs e qualquer coisa relacionada a super heróis. O primeiro filme que viu no cinema foi Batman Begins, em 2005. Tinha nove anos e ficou ainda mais fascinado por esse universo fantasioso.

Sempre gostou muito de desenhar, desde muito pequeno, e sempre desenhou melhor do que as crianças da mesma idade. Tinha uma percepção melhor de tamanhos, distancias, massas e dimensões dos objetos.

Começou a inventar um personagem herói baseado nele e nos irmãos mais ou menos nessa época em que viu Batman. Em todos os momentos que podia, principalmente quando precisava fazer algo que não gostava como lavar a louça ou arrumar o quarto, "fugia" para o seu mundinho, imaginando ser esse herói e ter missões bobinhas como terminar de varrer tudo em vinte minutos, ou uma bomba explodiria e acabaria com a ilha. A imaginação o ajudava a não sofrer tanto com a realidade na qual estava inserido. Não gostava muito de pessoas e de contato físico. Morria de preguiça de conversas, mas se interessava se eram assuntos de natureza mais filosófica e discussões lógicas e ideológicas.

Mais tarde, aos onze anos, decidiu começar a colocar aquelas historinhas de herói que bolava na cabeça, no papel, e passou a desenhar algumas tirinhas e histórias em quadrinhos próprias, mas nunca mostrava para ninguém por vergonha e por não achar necessário, mesmo. Ele não escrevia para ninguém além dele próprio.

Porém, todo herói tem uma mocinha, e Nico resolveu que precisava de uma também. Analisou todas as meninas da escola e foi então que reparou em Makayla Bouwer. Quando resolveu que ela seria sua musa, se apaixonou. Assim, meio que decidindo isso mesmo: "a partir de hoje, sou apaixonado por ela".

Seu personagem chamava-se Nick Baron, seu pseudônimo de herói era Waterman (uma clara referência a Sonny), e ele era um homem rico, bonito e vaidoso (como Gianluca), charmoso e divertido (como Joey). Tinha dupla personalidade que mudava com o amanhecer e o anoitecer. De dia, era Nick, um cidadão comum, empregado numa empresa de pesca. À noite, tornava-se Waterman, e não havia como impedir a transformação. Ele ficava maior, mais forte, rápido e violento, e podia ouvir sons e gritos de socorro a quilômetros de distância. A paixão de Nick era Kayla B, uma garota negra de cabelos cheios e olhos brilhantes. Não era uma ideia nada original, mas ele era apenas uma criança quando começou a pensar na história.

Nico era um bom aluno na escola. Nada muito brilhante, mas o melhor dos quatro irmãos, sem duvida. Mesmo assim, continuava sendo considerado aquele garoto estranho que não conseguia se enturmar, que falava baixo, vivia sozinho e era alvo de piadas e bullying.

Aos doze anos, o pai mandou que Joey e Sonny parassem de poupar o caçula e começassem a levá-lo junto quando fossem fazer qualquer trabalho, legal ou ilegal. Nico não tinha problemas quando as coisas estavam dentro das leis e até parecia interessado em aprender, mas bastava saber que o que estavam fazendo era proibido, para suar frio. E num desses trabalhos, assistiu Sonny matar um homem num acesso de raiva. Chorou desesperadamente e teve que ser acalmado por Joey, e depois pela mãe. Foi a primeira vez que presenciou uma morte.

Nas férias de 2013, quando estava com dezessete anos, conheceu Samantha Rivera, uma turista americana-mexicana que estava visitando as ilhas Withsunday. Ela estava se batendo com uma prancha de stand up paddle e pediu a ajuda dele. Nico sempre foi solicito - apesar de ser tímido o suficiente para não oferecer ajuda quando não é pedida -, então foi ajudá-la. Depois tomaram um sorvete da Classic Ices e ele a levou até o resort onde estava hospedada. Ela o procurou alguns dias depois e o convidou para um passeio. Nico mostrou vários lugares da ilha e acabaram no Palafox Park, onde decidiram dar um mergulho na Doori Creek Falls. Foi quando ele beijou pela primeira vez. Sam ainda ficou duas semanas na ilha e na noite anterior a partida, ele perdeu a virgindade com a garota. Eles trocaram contatos e ela prometeu que voltaria nas férias seguintes. Trocaram mensagens nas primeiras semanas, mas depois ela parou de responder. Ele não insistiu por causa do seu jeito tímido e reservado, então as coisas acabaram por aí. Nico não demorou muito para deixar o assunto para lá, não ficou sofrendo por isso - apesar de ter mudado a "mocinha" das suas histórias em quadrinhos: Kayla B foi assassinada pelo vilão Black Kangaroo e Nick Baron agora era apaixonado por Sammy Soft. Nas férias seguintes, nem sinal de Sam.

A partir daquele momento, Nico pareceu ganhar um fiapo de brilho e interesse pela vida e/ou pelo convívio social. Decidiu que saberia surfar. Joey o ajudou com as primeiras aulas, mas depois ele foi procurar alguém que realmente entendesse do assunto na Dreamtime do Dutch. Também resolveu malhar, pedindo dicas a Sonny que sempre praticou exercícios. E além disso, começou a nadar todos os dias. Alguns meses depois já conseguia cruzar a nado até a Dent Island e voltar - depois de descansar por pelo menos uma hora.

Quando Sonny perdeu a perna, Nico foi quem mais ficou ao lado dele, ajudando-o e incentivando-o, e auxiliando o pai a tomar conta da McQueen Ships enquanto o filho se recuperava. Quando Sonny foi voltar ao trabalho, cerca de um ano depois, continuou auxiliando-o na empresa e nos trabalhos sujos. Foi assim que viu o irmão, mais uma vez num acesso de raiva, arrancar a perna de um traficante com um facão. Dessa vez, entretanto, Nico manteve-se frio e até ajudou a limpar a bagunça. Sentiu algo ruim, mas não demonstrou, o que deixou o irmão e o pai orgulhosos, apesar dos pesares. Parecia, finalmente, ter se acostumado à violência de Santino.

Quando terminou o colegial, apenas uma das empresas da família ainda estava aos cuidados de Bull, a Windmills, e como "presente de formatura" o pai a passou para o caçula, que não gostou nada da responsabilidade que isso implicava, mas dentre todos os trabalhos que podia desempenhar na família, a Windmills com certeza era a menos pior.

  • FAMÍLIA E RELACIONAMENTOS

Pai: Carmine "Bull" Barone (1965) - Seu relacionamento com o pai é um pouco tenso. Bull sempre exigiu que Nico fosse forte, que fosse corajoso, e sempre se decepcionou quando o menino falhava. Porém, parece lembrar como era ser pressionado pelo próprio pai e tenta relevar ou proteger o caçula algumas vezes.

Mãe: Vicki Barone (1961) - Nico é o xodózinho da mamãe, mas mesmo ela fica decepcionada com a covardia do filho às vezes. O defende e o protege como uma leoa, mas já sentou diversas vezes para conversar sozinha com ele, aconselhando-o e incentivando-o a enfrentar mais as coisas e se esforçar para ser mais sociável e igual ao resto da família.

Irmão: Joey Barone (1988) - Mesmo sendo completamente o oposto de Joey, tem um carinho grande pelo irmão mais velho e sempre que precisa de alguma ajuda ou conselho (o que é raro, mas já aconteceu - Joey foi o único para quem Nico contou sobre Samantha, por exemplo), recorre a ele primeiro, por saber que é quem vai julgá-lo menos.

Irmão: Santino "Sonny" Barone (1991) - Dos seus irmãos, é o mais chegado. Sonny sempre o defendeu e sempre esteve lá quando Nico precisou de proteção, da forma que fosse. Talvez por isso o caçula tenha se sentido tão na obrigação de ajudá-lo mais do que os outros quando Santino perdeu a perna.

Irmão: Gianluca Barone (1993) - Antigamente dividia um quarto com ele, mas contraditoriamente sempre teve uma maior dificuldade de se aproximar de Gianluca do que dos outros irmãos. É quem mais abertamente enche o saco pelo jeito esquisito de Nico.

  • APARÊNCIA

Nico é muito parecido com a mãe fisicamente. Tem cabelos castanhos escuros e olhos bem azuis, com um rosto delicado e um sorriso bonito. Com quinze anos já tinha o 1.85m onde estacionou.

Até os dezesseis ou dezessete anos era magrelo e não tinha um fio de barba no rosto, mas nos últimos anos mudou bastante. Começou a praticar surfe mais a sério e pegou gosto por malhar, nadar e pedalar, o que lhe rendeu o começo de um corpo definido. Ainda não tem muita barba, mas começa a ganhar ares de homem feito.

Não tem vaidade alguma, veste qualquer roupa que surgir na frente sem dar a mínima se é uma bermuda florida amarela com uma camiseta listrada roxa.

  • PERSONALIDADE

Ao contrário de toda a família que é expansiva e notada por onde passa, Nico é mais quieto e introvertido.

Demorou mais que o normal para começar e falar e os pais até chegaram a achar que ele fosse mudo. Desde muito pequeno era aquele menino esquisito que não tinha amigos, que preferia ficar sentado no canto da sala lendo a nova HQ do Superman, do que no sofá assistindo TV com os irmãos.

É um pouco covarde e fica com medo e nervoso sempre que precisa fazer algum trabalho sujo para a família, mas nunca nega qualquer ordem. Não sabe mentir, começa a gaguejar e se entrega.

É um pouco misantropo, não gostando de interações humanas e eventos sociais.


Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.mugglesuniverse.org/t680-barone-nico
Nico Barone

avatar

Capricórnio Porco
Idade : 21
Ocupação : Administrador da Windmills
Player : Heibel
Mensagens : 171

MensagemAssunto: Re: BARONE, Nico   6/7/2015, 22:23

REGISTROS:

2015

06 de julho - Hayman Island - Aubergine (com Kai)
07 de julho - Hayman Island - Tabern Big Coral (com Sonny)
16 de julho - Hayman Island - Tabern Big Coral (com Makayla)
20 de julho - Hayman Island - Muriel Coffee e McDonald's (com Joey)
14 de agosto - Hayman Island - Mister Nice Guy's Bake Shop (com Neon, Cassia e Kai)
31 de agosto - Hayman Island - Sappho Books & Cafe (com Amora)
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.mugglesuniverse.org/t680-barone-nico
 
BARONE, Nico
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» BARONE, Nico
» Nico x Zoro
» Nico - The Heir of Hades (O Herdeiro de Hades)
» Frozen [Pânico na Neve]
» [Rival] Nico di Angelo

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Muggle's Universe :: OFF :: Registros & Informações :: Registros :: Fichas :: Whitsunday Islands-
Ir para: