InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 WINCHESTER, Neon

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Neon Winchester

avatar

Câncer Galo
Idade : 24
Ocupação : Cam Girl & Massagista no Sugar Land
Localização : Hammersmith and Fulham
Player : K
Mensagens : 406

MensagemAssunto: WINCHESTER, Neon   6/7/2015, 22:14


  • DADOS BÁSICOS

Player: Kah

Nome completo: Neon Winchester
Apelido: Ruby_Cassidy (no myfreecams.com)
Data de Nascimento: 28 de junho de 1993
Local de Nascimento: Three Rivers, Hertfordshire, Inglaterra

Idiomas: Inglês
Sexualidade: Bissexual
Relacionamento: Solteira


  • VIDA

Bronwen tinha apenas 18 anos quando engravidou de Neon, Mark o pai da criança tinha 26 anos, foi um grande choque para a família Atkinson quando a garota revelou aos seus pais sobre a gravidez, mas Bron e Mark se diziam apaixonados e tinham pretensão de casar e assim foi o que ocorreu. Eles casaram quando Bron já estava com 6 meses. Neon nasceu no inicio do verão. A família era feliz na medida do possível. Sua mãe era manicure e massagista num salão não muito longe de casa e o pai era bombeiro, as coisas pareciam ir tudo bem, ela estudava numa escola pública, tinha amigos e era boa nos estudos.

Mas as coisas começaram a mudar quando tinha por volta dos 9 anos, os pais não pareciam mais os mesmos, viviam brigando e Bron dizia que o marido tinha outras mulheres fora de casa, Neon não entendia o que era ter outras mulheres fora de casa, até que conversou com uma amiguinha e ela lhe disse que o pai também tinha, e que aquilo significava que ele não amava mais sua mãe. Não demorou muito para que Mark e Bron se separassem deixando Neon sem saber o que fazer, ela passou a ir e vir da casa nova do pai até a casa da mãe, mas as idas para a casa do pai eram bem distantes, já que ele tinha horários loucos no corpo de bombeiros e depois ele realmente passou a namorar alguém e a mulher não era muito chegada a ter Neon sobre o mesmo teto. A mãe ao contrário demorou muito mais para arranjar alguém e só quando a menina tinha 13 anos é que Jim apareceu na sua vida.

Neon nunca foi com a cara de Jim ele parecia grosseiro e a olhava estranho, tinha uma barriga saliente de cerveja e arrotava depois das refeições dizendo que não era falta de educação e sim que a comida estava boa. O bom era que ele trabalhava numa transportadora e só vinha de tempos em tempos até a casa delas, mas menos de um ano depois Jim estava se mudando para lá. Bronwen dizia que elas iam ser felizes de novo e que Jim ia cuidar de Neon como um pai, mas não foi isso que aconteceu. Nessa idade Neon já passava pelas transformações hormonais e ganhava corpo, seios e passou a menstruar, deixando de ser uma garota franzina. Jim é claro, percebeu isso, seus olhos pareciam ter um brilho diferente. Neon nunca saia do quarto com seus pijamas curtinhos, mas não é como se aquilo adiantasse.

Ele começou com umas brincadeiras de dar tapinhas no bumbum dela, quando a menina passava e fazia o mesmo com Bron e as chamava de "minhas meninas". Ela evitava passar perto do padrasto, mas a casa não era tão grande assim e ficava difícil. As vezes ele fazia questão de abraca-la por trás, como se fosse um gesto carinhoso, mas era só uma oportunidade de "esbarrar acidentalmente" nos seios dela.

O pior só ia acontecer perto do feriado do Natal em 2007, quando Bron saiu para trabalhar e Jim estava de folga, Neon sempre evitava ficar em casa nesses momentos, mas ela não sabia que naquele dia o padrasto não estaria no trabalho, ela chegou da escola e deu de cara com ele. Um olhar maldoso estava presente em Jim. Ela perguntou se a mãe já voltava, mas Jim sorriu dizendo que só chegaria a noite. Neon sentiu o medo percorrer pelo seu corpo, mas achou que não fosse nada, aquilo já estava virando paranoia da sua cabeça, Jim era relativamente bom para Bron e a situação financeira em casa tinha até melhorado um pouco.

Mesmo assim a menina pegou seu almoço e foi se enfiar no quarto, achando que tudo estava tranquilo. Sendo assim, almoçou e tomou banho, mas só quando já estava no quarto enrolada na toalha é que Jim apareceu com um copo de suco, dizendo que ela tinha esquecido de pegar. Neon abraçou a toalha com força e tirou o copo de suco da mão do padrasto, agradecendo e dizendo que ele podia se retirar, só que ao invés disso ele entrou e fechou a porta, a menina só conseguia pensar porque tinha esquecido de trancar a porta. Ela chegou a dar uma corrida em direção ao banheiro, mas Jim foi mais rápido e se meteu na frente, a partir daí teve um copo de suco derramado no chão e Neon sendo jogada nua em cima da cama.

Ela nunca tinha beijado ou transado na vida e teve a pior experiência possível. Ele cheirava os cabelos dela, a tocava toda e enchia o seu rosto de beijos, por mais que ela se debatesse ele era muito mais forte e a penetrou a seco, fazendo a menina berrar de dor. Ele tampou sua boca diversas vezes, enquanto ela tentava gritar e chorar, aquele terror não demorou mais do que 10 minutos, mas pareceram uma eternidade para Neon. Quando ele gozou e finalmente saiu de dentro dela disse que tinha sido muito gostoso e que agora sim ele tinha "as meninas" dele como queria. Além disso, ele deixou bem claro que se Bron ficasse sabendo daquilo ela não iria acreditar e que Neon ia pagar bem caro por aquilo, que tinha que ficar caladinha, pois ia ser muito melhor assim. E antes de sair do quarto ainda mandou limpar a sujeira do suco no chão e do lençol com a mancha de sangue. Parecia estar todo orgulhoso de seu feito.

Neon não sabia o que fazer além de chorar, permaneceu horas encolhida na cama, se auto abraçando e pedindo para aquilo tudo sumir, mas antes que a mãe chegasse ela foi novamente para o banho esfregando o corpo com toda a força que tinha para que aquela sensação nojenta saísse do seu corpo, depois limpou o quarto e permaneceu lá, fingindo que estava dormindo quando a mãe chegou, pois estava estampado na sua cara que algo tinha acontecido. A menina teve que passar a fingir que tudo estava bem, mesmo que ao sentar para fazer as refeições na mesma mesa que o padrasto, quisesse vomitar toda a sua comida.

E assim aquilo foi se repetindo, Neon tentava sempre se desvencilhar de ficar em casa, preferia ficar na rua, mesmo que dissesse para a mãe que ia fazer trabalho ou estudar na casa de amigos e quando estava em casa trancava a porta do quarto. Jim não gostou nem um pouco daquilo e um dia quando Neon voltou da escola, não tinha mais tranca na sua porta. Assim, em inúmeras vezes depois que Bron dormia ele ia até o quarto da adolescente e parecia ser mais bruto, pois dizia que ela tinha que fazer total silêncio já que a mãe dela estava no quarto ao lado. Com o passar do tempo ele passou a obrigar que ela fizesse sexo oral nele e o que ela já achava horrível parecia ter se tornado um pesadelo.

Com o passar do tempo acabou tendo uma ideia, ela se formaria em alguns anos e poderia ir para uma faculdade longe de casa, chegou a expor sua vontade para a mãe, mas o padrasto fez com que Bron visse impedimentos naquilo e não compactuasse com essa história. O que poderia ser sua chance de se ver livre foi por água abaixo, mas não demorou muito para que visse que ao completar 18 anos, poderia sair dali de qualquer forma, só precisava arranjar um jeito. Sendo assim, foi juntando qualquer dinheiro que recebia, começou a trabalhar como babá e até ajudar a mãe a fazer unhas no salão. Escondia o dinheiro debaixo da cama numa parte solta do assoalho e atrás de uma penteadeira no seu quarto. Infelizmente enquanto seus 18 anos não chegavam continuava a ser abusada por Jim. Bron chegou a desconfiar quando Neon já tinha 16 anos, mas acabou fazendo vista grossa, Jim era excelente em casa e eram raros os momentos que brigavam, então a mulher não podia estar mais agradecida. Ele até deu um computador para Neon no seu aniversário de 16 anos.

Mark e a filha se falavam muito esporadicamente e Neon nem fazia muita questão na verdade, tinha passado a tomar nojo de homens, não ficava com meninos na escola, não se interessava por eles e quando as meninas vinham de conversas sobre o assunto ela desconversava. Suas notas na escola passaram a não ser tão boas e Bron chegou a ser chamada na escola por causa disso e ficou chateada com a filha a deixando de castigo, sem poder sair de casa. Neon tentava ser melhor, mas ser abusada consumia a vida de dentro dela e só sonhava quando aquilo ia terminar.

Neon quando Jim não estava em casa conseguia ficar tranquila e gostava de passar bastante tempo no computador, tinha um pequeno sonho de talvez estudar dança, aprendeu a pesquisar coisas na internet e encontrou até um fórum sobre o assunto e foi lá que conheceu Cece e ela sentia que era a melhor amiga que podia ter. Se falavam sempre que podia, trocavam juras de amizade eterna e aquilo era o que fazia Neon ir passando um dia após o outro da melhor forma possível. Conforme a amizade ficava mais forte, a garota acabou confessando para Cassia o que acontecia em sua casa, de uma forma mais amena, já que a australiana era alguns anos mais nova do que ela. Também explicou seu plano e disse que tentaria manter contato de qualquer jeito e prometeram que uma não ia esquecer da outra.

Terminou o high school e disse que não ia para faculdade nenhuma já que na sua cabeça faltavam menos de duas semanas para seu aniversário e sua liberdade. Passou a trabalhar com a mãe no salão, fazendo massagem e unhas das mulheres. Antes do seu aniversário pediu seu pagamento para a dona pelos dias trabalhados dizendo que queria comprar algo especial e ela não viu mal nisso e entregou o salário daqueles dias. Na noite anterior ao seu aniversário, Jim estava trabalhando então arrumou tudo que levaria em uma mochila, escreveu uma carta para sua mãe e deixou tudo escondido.

No dia seguinte houve uma reuniãozinha na sua casa, todos pareciam felizes e Neon estava ainda mais. Depois de arrumar a bagunça deixada foi para seu quarto e colocou o pijama sabia o que ia acontecer e na sua cabeça sabia que era a última vez. Jim apareceu para lhe desejar feliz aniversário e lhe entregar seu presente, que para ela não tinha nada daquilo. Ela aguentou aqueles 15 minutos calada, nunca foi tão boazinha para Jim. Ele até a elogiou. Depois que ele foi embora ela ficou contanto os segundos para o escutar roncando. Trocou de roupa, pegou suas coisas e deixou a carta para sua mãe dentro da bolsa de trabalho dela, sabia que lá Jim nunca encontraria. Nem pode tomar um banho para tirar aquele cheiro ruim e pegajoso de si. Correu o quanto pode até a estação de trem mais perto de sua casa, a Carpenders Park e de lá pegou o primeiro trem para Londres. Ela tinha feito planos de que era lá que estava sua possível felicidade.

Em menos de uma hora estava em Londres, era madrugada e ela não sabia direito como se localizar lá mesmo que tivesse pesquisado e até ido alguma vez em Londres com Bron e Jim. Tentou ir para um abrigo de sem-teto, mas já havia passado a hora então encontrou um hostel e se hospedou lá por uma noite.

A partir daí, Neon tentou sobreviver da melhor forma que podia, trabalhou no hostel que se hospedou, também foi garçonete, faxineira, atendente de loja, fazia qualquer negócio. Para economizar dinheiro dormiu diversas vezes em abrigos de sem teto, mas evitava ao máximo pois tinha medo e as pessoas a olhavam estranho, até passou a andar bem maltrapilho quando ia para esses lugares e esconder os cabelos debaixo de uma toca surrada. Descolou algumas amigas durante esse tempo e passou a dormir na casa de uma ou de outra, não conseguia fazer amizade direito com meninos. Foi nessa época que se relacionou com Zella Turner, a primeira garota que beijou e teve relações sexuais, demorou um bocado para isso acontecer, mas quando ocorreu se sentiu estranha nas primeiras vezes até conseguir relaxar de verdade, aproveitar aquilo e ter prazer.

Depois de quase um ano trabalhando em todos os lugares possíveis, conheceu o spa Sugar land, já não estava mais com Zella. A dona Patti Thompson não estava muito suscetível a empregar Neon, mas a menina praticamente implorou pelo emprego e disse que faria qualquer coisa, até mesmo limpar o local. Patti por mais rígida que fosse, era uma boa pessoa e empregou-a. No início ela limpava as salas, depois passou a fazer as unhas das clientes e elas pareciam adorar. Nesse meio tempo começou a dividir um apartamento com Annie Weaver e as pessoas já não a viam mais com a mochila para cima e para baixo. Patti então lhe pagou um curso de massagem, por saber que ela tinha potencial, já que as vezes pedia a Neon para fazer massagens em si,  e no meio do curso já a passou para as salas de massagem, atendia somente as mulheres, mas sabia que não podia ficar desdenhando o dinheiro e acabou atendendo os homens nos dias que eram destinados para eles também. Só que o Sugar land tem um esquema de lista vip, ao qual alguns clientes, os mais ricos e influentes recebem massagens especiais e somente algumas massagistas ali sabiam do esquema e o executavam. Esses clientes passaram a ver Neon andando pelos corredores e ela era bonita, mesmo que tivesse um ar meio apagado e ficavam perguntando a Patti se a menina fazia parte do esquema e se não era quando ia passar a ser.

Patti ainda protelou um bocado para chamar Neon para conversar e isso só ocorreu quando ela já tinha quase 20 anos. Neon ficou chocada com a proposta, mas Patti deixou bem claro que iria ser bem mais paga, ela pediu alguns dias para pensar e acabou aceitando, já tinha passado por tanta coisa, masturbar um cara para ganhar dinheiro não era nada demais, mesmo que durante algum tempo tenha se sentindo como se estivesse em casa novamente. Passou a ter um cuidado melhor com o corpo e cabelos, a pedido de Patti. As meninas ajudaram a pintar seu cabelo e deixou os fios num tom mais claro de loiro, passou a usar um pouco de maquiagem e apesar de tudo acabou se sentindo bem usando lingerie sexy e sendo mimada pelos caras, ganhou diversos presentes com bolsas caras, sapatos, lingeries e até mesmo um notebook. Depois do primeiro momento de estranhamento passou a se sentir bem e desejada, pois tinha vários clientes fiéis que só queriam ser atendidos por ela, deixando assim algumas meninas do local enciumadas. Esse foi o começo para que a auto estima de Neon que andava bem lá embaixo fosse aumentando aos poucos e ela fosse conseguindo superar algumas neuroses e inseguranças com seu corpo e aparência.

Durante esse tempo mantinha contato com Cassia indo em lan houses, pelo computador de amigas, via sms quando conseguia ter créditos para isso, até que ganhou o notebook e voltaram a se falar quase todos os dias. Cece se ofereceu para enviar dinheiro diversas vezes, mas Neon ficava tensa de aceitar e sempre falava que estava tudo bem, por mais que tenha passado por alguns sufocos, mesmo assim Cece chegou a enviar dinheiro algumas vezes, geralmente nos aniversários e natais, dizendo que eram presentes e que a amiga não podia dizer não para presentes. Aos 21 anos, ela e Cassia que já tinha 17, combinaram de se ver a primeira vez, foi um encontro mágico e passaram dias aos quais Neon nunca vai esquecer.

Com o dinheiro que ganhava sendo massagista e atendendo os "vips", conseguiu mudar para um apartamento pequeno, mas só seu. Em conversas com as garotas no Sugar land ficou sabendo sobre meninas que trabalhavam tirando a roupa em frente de uma câmera e que ganhavam um bom dinheiro com aquilo. Neon curiosa, caiu na internet para buscar mais sobre o assunto até que achou uma mulher no Facebook que trabalhava com isso e agenciava outras meninas que queriam trabalhar naquilo. A principio era só curiosidade, mas porque não tentar aquilo, já que diziam que a grana era boa e dinheiro sempre era preciso. Nicole, a menina do Facebook, ajudou tanto, pois era tamanha a burocracia e papelada para ser resolvida até que Neon conseguisse ter uma conta de verdade. Ela teve que fazer alguns investimentos em tecnologia e na aparência, sem contar com os macetes que ainda aprende até hoje, mas quando tudo estava pronto se sentiu nervosa ao extremo e quase desistiu. Após a primeira noite com aquilo, não se sentiu imunda, cansada, culpada ou vendida, talvez o que ela fazia no Sugar land fosse pior. Na hora de decidir seu nickname demorou muito tempo para achar um que fosse legal e acabou colocando Ruby_Cassidy, só pelo fato de estar vendo supernatural, e adorar ter o mesmo sobrenome dos personagens principais, e gostar da demônia Ruby, utilizando o nome dela e o sobrenome da atriz que o fazia, a Katie Cassidy. Na época, nem era mais a Katie que fazia, mas era a atriz com que mais gostava.

Na verdade pela primeira vez na vida, ela se sentia feliz e merecedora do dinheiro que tinha ganhado. Além de tudo, a partir desse momento passou a se sentir realmente gostosa. Ao trabalhar no Sugar land para os "vips" já estava um pouco nesse caminho mas saber que caras tinham ejaculações precoces na China sem nem precisar tocar neles, era outro nível. Isso ajudou ainda mais com que cuidasse do seu corpo e hoje em dia quando se olha no espelho, se acha bonita. Claro que o emprego tem seus altos e baixos e não chega a ser um trabalho "fácil" como algumas pessoas acham, mas no final das contas Neon se sentia bem fazendo aquilo e gostava de atender aos desejos dos clientes, até hoje tem um cliente que paga somente para a ver mascando chicletes e fazendo bolhas, ele escolhe a marca e ela vai e atende seu desejo. Ela sempre tenta fazer coisas diferentes, usar uma lingerie e até alguns cosplays para chamar a atenção e não "cair no esquecimento". Quando o dinheiro começou mesmo a entrar ela passou a parar de atender no Sugar land nos dias que são destinados só para mulheres e só atende os seus clientes "vips" a pedido deles mesmo, pois já pensou em desistir disso, mas por ter criado um "laço" com eles, continua no spa.

Quando Cece disse que vinha morar com ela, alugou um apartamento maior para as duas morarem juntas e ambas decoraram o lugar com a cara delas. Cece sempre soube o que estava rolando com Neon, sobre seus trabalhos e etc e nunca viu problemas naquilo mesmo que ache esquisito e que jamais conseguiria fazer, mas não julga Neon. A australiana vê o trabalho de cam girl como nada demais, mas não entende porque sua amiga ainda trabalha no Sugar land, fazendo massagens sexuais nos caras.

Só conseguiu se relacionar com um homem depois que começou a trabalhar como cam girl e se sentir mais confiante, já conseguia ter amigos do sexo masculino e se divertir com eles, mas nunca ficar com nenhum deles e eles achavam que ela era lésbica, o que as vezes até tornava mais fácil as coisas. Até conhecer Dominic, ele era lindo, gentil, simpático e só um ano mais velho que ela, e a atração que sentiu era inegável, as coisas para a sorte dela foram acontecendo devagar, mas quando tiverem sua primeira noite parecia uma boneca inflável que não se mexia e ficava ali só esperando a coisa acontecer e assim percebeu que precisava superar aquele trauma de alguma forma, não queria ser assim para o resto da vida. Conversando com Cece, a menina disse que talvez devesse fazer terapia, Neon não sabia muito bem se queria aquilo, tentou algumas vezes, mas travava e não conseguia falar sobre o assunto, talvez tivesse consegui falar daquilo com Cece, porque não era pessoalmente e sim através de uma tela ou por carta como fez com a mãe. Dominic e ela acabaram não dando certo e ela continuava de todas as formas buscando uma cura milagrosa ou algum momento que aquilo apagasse da sua memória, até que conheceu Shaw Petterson.

Ele era uns 5 anos mais velho que ela e tinha uma inclinação para uns lances de dominação, as coisas com ele foram mais rápidas e não demorou muito para que tivessem a primeira vez e ela ainda permanecia meio "boneca inflável", mas numa das vezes durante o ato sexual, Shaw a segurou mais forte e deu uma leve imobilizada na garota e aquilo despertou dentro dela, fazendo-a sentir prazer e gozar com um homem pela primeira vez. Neon, depois de refletir bastante pelo assunto e até mesmo pesquisar entendeu que tinha desenvolvido um fetiche com coisas que podem estar relacionadas a estupro, e esse tipo de dominação física, de segurar forte, imobilizar de leve, segurar pelos cabelos, apertar o pescoço (até uma asfixia de leve), e que aquilo tudo excitava-a demais, e também lhe dava medo porque afinal, que tipo de pessoa doente sente tesão com estupro?

Passou a ficar com uns caras mais aleatórios e a pedir para que eles lhe segurassem, apertassem e essas coisas na hora do sexo, mas também tentava fazer sexo normal, até que começou a conseguir ter relações sexuais com caras, tendo prazer sem precisar praticar um "estupro consensual", fazendo com que assim conseguisse lidar com aqueles sentimentos todos reprimidos que tinha na época do seu padrasto. Ainda está num processo de adaptação e as vezes pede para os caras serem mais intensos com ela até hoje, mas com bem menos frequência.

Em janeiro de 2015, participou do Sophia Locke's Cam Girl Mansion, que acontece em Las Vegas e é uma convenção para cam girls e seus fãs. Acho muito estranho no primeiro momento, mas acabou se soltando e se divertindo muito, conhecendo várias meninas e fazendo amizades com elas. Além disso, foi sua primeira viagem de avião e também primeira viagem para fora da Inglaterra. Ficou super nervosa e quase vomitou depois que o avião decolou.



  • FAMÍLIA E RELACIONAMENTOS


Bronwen e Mark se conheciam desde sempre, mas ele sempre fora muito mais velho que ela. Quando ela ainda estava no high school o rapaz já trabalhava no Corpo de Bombeiros e a menina passava todo dia na frente do local. No início não era nada, ela só o admirava e ele acenava com a cabeça, se viam em festinhas de rua, na feira, no mercado e se cumprimentavam. O relacionamento dos dois só começou a ocorrer mesmo quando Bron já tinha 17 anos. Ela que deu o primeiro passo, cansada de só trocarem olhares e cumprimentos. Foi numa festinha de uma das suas vizinhas, ela o chamou até um canto da festa e lhe tacou um beijo, o rapaz nem fez corpo mole, retribuindo. A partir daí os dois começaram a se encontrar as escondidas, até que tiveram sua primeira noite juntos, mas Bron tinha medo que os pais descobrissem e aquilo terminasse de uma forma ruim. Os dois começaram a namorar pouco antes da menina ficar grávida. Mesmo que tivessem tido culpado, acabaram se descuidando uma vez e foi aí que a vida dos dois mudou para sempre.

Mãe: Bronwen (Atkinson) Winchester (1974) A mãe sempre cuidou de Neon como pode, a amou e ensinou diversas coisas, mas quando Mark e ela se separaram parecia que uma barreira ficava entre as duas, Bron continuava ensinando e cuidando da filha, mas faltava algo. Quando Jim veio para casa, as coisas melhoraram um pouco, mas nunca mais foram a mesma coisa. Bron notava que Jim olhava um pouco estranho para a filha, mas ignorava aquilo e guardava no fundo de sua mente, parecia se agarrar no fato de como Jim lhe estava fazendo feliz, mesmo que ele não chegasse a ser tão bonito e amoroso como era Mark.
No dia seguinte da fuga de Neon, Bron acordou, pegou suas coisas e foi para o trabalho, ela achava que Neon iria chegar mais tarde para trabalhar, como ela achava que era o combinado. Ao chegar no trabalho encontrou a carta de Neon, abriu-a e leu, absorvendo cada palavra. Palavras essas que contavam toda a verdade e que pediam desculpas a mãe por não ter conseguido contar, não conseguido pedir ajudar e não conseguido evitar. Neon colocou toda a culpa em si, porque era o que achava que realmente tinha acontecido, o que talvez Jim tivesse feito acreditar. Bron não conseguiu conter as lágrimas de tristeza pelo que tinha acontecido com sua filha e ela não fez nada, não percebeu nada e não tomou alguma atitude. Saiu do trabalho enfurecida, sua vontade era de matar Jim pelo seus feitos. A sorte de Jim e até mesmo de Bron é que seu vizinho a viu entrando em casa naquele estado e pegando a vassoura de ferro, que varria as folhas e entrando em casa. O vizinho conseguiu segurar Bron antes que ela enfiasse aquilo na cabeça de Jim que via televisão tranquilamente. Ouve muita gritaria, choro e Jim a chamando de louca. Chuck, o vizinho, pediu para que Jim fosse embora até que Bron esfriasse a cabeça e ele ainda ficou de debochinho até acabar cedendo e indo dar uma volta. Demorou um bocado para que Bron se acalmasse e mostrasse a carta para Chuck, que ficou absurdado com aquilo. Chuck e a esposa ajudaram muito Bron nesse momento, cataram todas as coisas de Jim e colocaram na rua, tentaram ver com a polícia se eles podiam incriminar o cara por aquilo, mas eles disseram que só com uma carta não podiam fazer nada. Quando Mark ficou sabendo, foi tirar satisfações com sua ex-esposa e é claro jogou a culpa toda em cima dela por ter deixado um estuprador entrar dentro de casa e fazer o que fez com a filha. Bron tentou procurar Neon, fez cartazes, mobilizou amigos, mas Neon nunca entrou em contato.
Pai: Mark Winchester (1967) Bombeiro. Mark era um pai exemplar, tentava compensar o que o pai dele não tinha sido. Então ensinou Neon a andar de bicicleta, escalar árvore e até tentou construir uma casa na árvore para ela, mas não deu muito certo. Mesmo que não fosse muito presente por causa dos seus horários, sempre tentou compensar nos momentos que estava em casa. E tentou ao máximo não se divorciar de Bron, mas tinham brigas constantes e a esposa vivia dizendo que ele tinha outras, coisa que não era verdade. Infelizmente ele não aguentou aquilo e foi morar sozinho, pegava mais turnos para poder se sustentar e ainda pagar a pensão de Neon, ver a filha ficava bem complicado. Quando começou a sair com Michelle, sua companheira de serviço e ela passou a dividir a casa com ele, ficava estampando que a mulher não era muito afim de crianças/adolescentes e Neon percebendo isso, acabou se afastando mais do pai. Quando ele ficou sabendo que a filha tinha fugido se culpou por ter se divorciado, por não ter sido tão presente e culpou Bron por ter colocado Jim na casa que um dia foi deles. Chegou até a ajudar Bron a procurar a filha e ainda tem esperanças de encontra-la.
Padrasto: Jim Cunningham (1970) Depois de ser expulso da casa de Bron, pegou mais trabalhos que o fizessem ficar longe de lá, mas um grupo de amigos da família de Bron e Mark, incluindo bombeiros, acabaram encurralando Jim num bar local e o encheram de porrada, fazendo com que ele fosse parar no hospital, após tratamento e ele ser liberado, acabou se mudando para um distrito bem longe de Three Rivers.


  • APARÊNCIA

Neon tem a pele muito branca e fica vermelha por causa coisa, tendo dermografismo, sendo assim qualquer lugar que ela minimamente se arranha já fica super evidente, vermelho e inchado e se apertar com força demais chega a ficar roxo. Odiava que brincasse com ela, quando criança, de "peguei seu nariz", pois não demorava muito e a ponta do nariz ficava arroxeada. Quando Jim passou a estupra-la, chegava a ficar com diversas marcas no corpo, pois ele a segurava forte e ela fica usando blusas de manga comprida para ter que esconde-las.
Tem 1,63, olhos castanhos esverdeados e é loira natural, mas clareou eles após chegar em Londres e agora eles tem um tom de loiro bem clarinho, o que com seu rosto de criança, acaba lhe deixando meio angelical.
Sua mudança para Londres lhe trouxe também a oportunidade de fazer coisas que sempre teve vontade, mas que nunca faria onde morava, como tatuagens. Tem uma tatuagem na lateral da barriga com passarinhos, tem um também perto do seio e no braço um veado com flores. No inicio do ano fez uma nova tatuagem de um gato com flores na coxa. Além disso tem piercing nos dois mamilos, loucura essa que fez quando estava ficando com Zella e acabou por não tirar.  


Tem um corpo normal, com seios médios, cintura mais fina que o quadril, nada muito extravagante, talvez chame a atenção dos homens, pelo seu bumbum que é todo redondinho, empinadinho e levemente grande, mas que não deixa de ser harmonioso com o corpo dela.

Sempre teve um estilo meio despojado de se vestir e adotou ainda mais esse estilo no início de sua mudança para Londres, mas conforme foi trabalhando no Sugar land, principalmente após sua entrada na parte "vip" do trabalho, passou a cuidar mais do corpo, pele, cabelos e suas roupas. Criando assim um vício por lingeries. Ainda mais depois que passou a trabalhar com cam girl e precisava sempre estar usando coisas diferentes. Tem gavetas e mais gavetas só de lingeries dos mais diversos tipos, desde as mais sexies, até as mais criancinhas e angelicais. Usa qualquer roupa que tiver afim, mas gosta muito de usar shorts com meia calça, botinhas, chapéus, sempre priorizando aquilo que lhe deixe confortável, pq é meio moleca.


  • PERSONALIDADE

Já foi de diversos jeitos, a criança moleca que ralava o joelho andando de bicicleta e tendo subir em árvores, até a adolescente traumatizada que se escondia em roupas grandes e parecia não ter brilho no olhar quando passou a ser estuprada. As coisas mudara com sua ida para Londres, ela foi deixando o passado para trás, como se fosse um pesadelo e ela estivesse agora acordando. Aos poucos e com a ajuda de pessoas que conheceu no caminho, foi voltando a ser animada, alegre e espontânea. Gosta de conversar com as pessoas, de escutar música, dançar sozinha no quarto. Adorava fazer caretas e assim deixar os outros rirem de si.


Última edição por Neon Winchester em 8/7/2015, 00:57, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.mugglesuniverse.org/t683-winchester-neon#1548
Neon Winchester

avatar

Câncer Galo
Idade : 24
Ocupação : Cam Girl & Massagista no Sugar Land
Localização : Hammersmith and Fulham
Player : K
Mensagens : 406

MensagemAssunto: Re: WINCHESTER, Neon   7/7/2015, 23:11

07/07/2015: Londres :: West - Costa Coffee com Jake
16/07/2015: Via Skype com Cassia & West - High Road Brasserie com Jack
18/07/2015: Londres :: Apto Falso do Jack com Jack
29/07/2015: Hayman Island :: Great Barrier Reef Airport com Cece
03/08/2015: Hayman Island :: Blue Lagoon com Kace ♥
10/08/2015: Whitsunday Islands :: Langford Island com Cece
14/08/2015: Hayman Island :: Mister Guy's Bake Shop com Nico
23/09/2015: Londres :: West :: Hammersmith & Fulham :: Kingchester :: Piso Principal & Suite Cassia com Cece
26/09/2015: Londres :: Central :: Kensington & Chelsea - Bute Street com Ellis
09/10/2015: Londres :: West :: Hammersmith & Fulham :: Kingchester :: Suite Neon com Cassia
05/11/2015: Londres :: North :: Barnet :: Barnet Streets com Erica
16/12/2015: Central :: Camden :: Regent's Park com Piero

15/01/2016: Hammersmith & Fulham :: Winchester & King [DREAM DAY]
13/03/2016: Londres :: West :: Harrow :: Liquid com Bibi
16/04/2016: East :: Hackney :: Ruas com Anne/Cassia
22/04/2016: Central :: Southwark :: Bermondsey Square com Gregory
28/06/2016: Londres :: Central :: City of London :: The Monument com Joshua
22/09/2016: Londres :: West :: Brent :: Kilburn Market com Cassia

09/06/2017: Apto Winchester & King com Cassia
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.mugglesuniverse.org/t683-winchester-neon#1548
 
WINCHESTER, Neon
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» ♦ Capture a Bandeira 3.0 ♦
» Neon Party - Casamento de Hermes e Perséfone
» — Halloween Party
» BAILE DE GALA... NEON!

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Muggle's Universe :: OFF :: Registros & Informações :: Registros :: Fichas :: Londres-
Ir para: