InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Dudamel, Joaquín

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Joaquín Dudamel

avatar

Aquário Cobra
Idade : 39
Ocupação : Maestro da Sinfônica de Londres
Localização : Barbican Centre
Player : Fabrizio
Mensagens : 60

MensagemAssunto: Dudamel, Joaquín   11/1/2016, 21:09


  • DADOS BÁSICOS

Player: Fabrízio Franco

Nome completo: Joaquín Dudamel
Apelido: Duda.
Data de Nascimento: 27 de janeiro de 1978
Local de Nascimento: Cartagena, Colômbia.

Idiomas: Espanhol e Inglês.
Sexualidade: Bissexual.
Relacionamento: Nenhum.


  • VIDA

Música antes de mais nada.  - Paul Verlaine.

A primeira nota musical de Joaquín foi um fá agudo emitido ao nascer pelo choro do seu parto. Seu pai tocava violão para acalmar as dores da mãe, “Cuando Canta el Gallo”, uma canção flamenca de Paco de Lucía. Dizem que Joaquín só tirou os olhos do instrumento quando foi para o peito da mãe.

Ele demorou para aprender à falar, mas não para reproduzir sons. Entre dá dá e hums hums ele cantarolava Bach e Beethoven com um ano de idade. Aos dois até então sem emitir uma palavra, foi levado para o hospital.  Autista, Asperger, Savant foram diagnósticos ditos, mas nenhum encaixava para aquela criança de olhos tão atentos.  Ele só precisava de tempo, logo dizia papai, mamãe, canção, de novo, toca.

Dedos barulhentos ele batucava por onde passava, era uma criança alegre demais. Dormia só ao som de música, só comia ao som de música, mas não bastava ser o rádio, tinha que ser o violão do pai ou a voz da mãe.  E pais que amavam tanto o filho não importavam em tornar aquela casa mais musical possível.

A música está em tudo. Do mundo sai um hino. – Victor Hugo

Seu pai participava de vários festivais por toda Colômbia, e ele carregava o filho junto. Conheceu celebridades como Chico Cervantes, León Cardona, Edmundo Arias etc. Queria que Joaquín conhecesse o mais tradicional que a música colombina poderia oferecer, mas o garoto queria mais.  Quando tinha 10 anos, já era fã de Queen, Duran Duran, The Cure, mas sua busca por conhecimento passou pelo jazz de Dave Brubeck ao soul de Gil Scott-Heron.

Ele queria tocar o que ouvia. Violão, piano, flauta logo foram aprendidos. E os pais perceberam que a paixão do filho era maior que eles, e decidiram enviar ele para Royal Academy of Music em Londres.  Tinha 13 anos, e mudou com os pais para lá, sabiam que precisavam direcionar o filho para sua grande vocação. Sua audição em violino o fez ser o melhor avaliado da nova turma, ganhando uma bolsa de estudos completa.

Durante seu aprendizado na academia, descobriu duas novas paixões: regência e composição.  Aos 18 anos, ganhou a Competição de Regência John Payer. Naquele mesmo ano, seu pai morreu de pneumonia, isso motivou a compor sua primeira grande obra sinfônica: “Grandes Serenatas do Eterno Apaixonado”. Quando tocou essa música na formatura da academia, conheceu Mark Campell-Black, um agente musical, que levou a produção do álbum da sinfonia.

Tornou-se assistente do maestro Claudio Abbado na Filarmônica de Berlim, a mudança para Alemanha foi a separação de sua mãe que foi morar com irmãs na sua cidade natal. Ganhou um ano depois outra competição, o prêmio Gustav Mahler.

Em 2004, aos 26 anos de idade, foi contratado para ser o Maestro Chefe da Orquestra Sinfônica da BBC. Foi lá que conheceu uma harpista, e seu mundo mudou.

A música oferece às paixões o meio de obter prazer delas. - Friedrich Nietzsche

Hertha Lammar tinha dedos lindos, suaves para as cordas da harpa, e cada calo e bolha formava uma textura perfeita para tocar a melhor “Lacrimosa” de Mozart.  E foi esse detalhe que fez Joaquín se apaixonar pela primeira vez. Aos 27, já tinha ficado com outras garotas e garotos. Um tenor de voz gutural, uma tocadora de clarinete de lábios de veludo, um guitarrista de punk com ideias revolucionárias,  uma letrista de ideias encantadoras etc.

Namoraram por um ano. Canções eram compostas nus no meio da madrugada, tocavam juntos na entrada do metrô só por diversão, faziam saraus animados com os amigos.  Mas um dia ela bebeu demais. Mesmo assim, o amor acabou, as últimas palavras de Hertha foram “com você e a música, todos seremos o segundo lugar”.

Joaquín isolou-se em sua casa por quatro meses, viveu de comida chinesa e vinho barato,  compôs sete sinfonias e as rasgou quando completadas. A última foi escrita na parede da sala com uma faca. No final, a olhou e tocou com um violino. Sorriu, e saiu de casa.

As paredes foram pintadas no dia seguinte e tal música nunca mais foi tocada.

A música pode mudar o mundo porque pode mudar as pessoas. – Bono Vox

Era um novo Joaquín, ele abraçou aquelas palavras e daria mais importância a música do que qualquer outra pessoa, qualquer outra coisa. Por ter desaparecido por  quatro meses, foi despedido da Sinfônica da BBC. Foram três anos, refazendo todo um novo caminho. Da pequena orquestra de uma escola infantil em Hillingdon ao professor de violino da Royal Academy. Uma assistência, e logo depois o novo regente da Orquestra Sinfônica de Londres, o mais novo cargo na história.

É 2011, e seu primeiro desafio: o casamento do Príncipe William e Catherine Middleton. Na Abadia de Westminster, foi realmente majestoso ao conduzir “I was glad” na entrada da noiva. Naquela noite conheceria Elton John e Joss Stone. No ano seguinte, estaria conduzindo durante a abertura das Olímpiadas de Londres, e uma lágrima escorreu quando tocaram “Carruagem de Fogo”.

Os anos passaram, ele ainda é regente da OSL, fizeram um tour por Nova York e Jerusalém.  Mas é tudo serviço, para Joaquín o foco é um só, criar a canção perfeita.


  • FAMÍLIA E RELACIONAMENTOS

Música é vida interior, e quem tem vida interior jamais padecerá de solidão. - Artur da Távola

Alfonso Dudamel – O pai de Joaquín foi um músico menor, um tocador de violão. Durante boa parte da sua vida, e sua renda, eram em pequenos shows em restaurantes e bar. Conhecia todas as músicas tradicionais colombianas, e cantava apaixonado. Alguma vez ou outra, participava de festivais, entrava em alguma banda, mas nunca teve um grande destaque. Quando levou o filho para Londres, chegou ainda tocar algumas vezes em bares de imigrantes, mas sua renda foi mais como lavador de prato num restaurante chinês. Joaquín sempre reconheceu o esforço do pai, e nunca o esqueceu.

Esperanza Dudamel – A mãe de Joaquín foi uma grande contralto no coral na Igreja de Santo Domingo. Começou adolescente e trabalhou para igreja até irem para Londres. Foi numa paróquia que conheceu o marido, na qual ele participava de um quinteto de cordas que tocara junto com seu coral. Vivendo com salário da paróquia, ela era a remuneração física da casa. E foi a dedicação dela que os fizeram ir para o Reino Unido. Joaquín queria agora cuidar da mãe, mas sabe que ela está feliz de volta ao seu coral, e talvez seja, a única pessoa que realmente ame no mundo.




  • APARÊNCIA

A música é o vínculo que une a vida do espírito à vida dos sentidos. - Ludwig van Beethoven

O cabelo cacheado e bagunçado é sua maior marca. A barba e bigode vão mudando de tempo, as vezes deixa grande, outras raspa tudo. Tudo vai dependendo do tempo como quer deixar. Tem uma "Quartifusa" marcada próximo a virilha feita com ferro quente, marcando sua pele.

Está sempre bem arrumado, principalmente uma mistura de terno, cachecol e sapa-tênis. Recusa usar fraque convencionais até mesmo em grandes eventos da Filarmônica. Seus fraques são feitos por um costureiro particular e amigo que mora em Nova York.


  • PERSONALIDADE

O virtuoso não serve a música. Serve-se dela. - Jean Cocteau

Joaquín é um homem de excentricidades. Está sempre com uma música na cabeça, cantarolando alto.  Mas as vezes fica parado apenas ouvindo os sons à sua volta, identificando melodias no barulho dos carros ou nos passos rápidos das pessoas no metro.  Uma britadeira pode ser tão interessante quanto um passarinho.

Ele é um homem que sofre, levando todos os seus sentimentos ao pé da letra, as pequenas alegrias tornam-se majestosas felicidades, e uma atenção mais dada vira uma grande paixão, um coração pode se despedaçar em uma avassaladora depressão.

Joaquín sempre dará a opinião mais sincera sobre tudo, nunca medirá palavras. Mas será fiel aos amigos acima de tudo, ou melhor, abaixo apenas da música.

Ele ama vinho e café, ama macarrão e carne, ele ama parques e filmes.
Ele odeia refrigerante e cappuccinos, odeia peixe e risoto, ele odeia cinemas e noticiários.

Mas acima de tudo se não ficou até claro ele dedica a vida, a sua respiração, a música.


So sentimental, not sentimental no! Romantic not disgusting yet.

Time to show love, it's time to show love.
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Dudamel, Joaquín
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Muggle's Universe :: OFF :: Registros & Informações :: Registros :: Fichas :: Londres-
Ir para: